3 de out de 2012

ELEIÇÕES 2012

O IPCN, retomando a tradição em debater com os candidatos à eleições, políticas para promoção da igualdade racial, considerando a plurietinicidade da sociedade brasileira e, em especial a carioca, realizou durante o meses de agosto e setembro, sempre às segundas feiras, uma série de reuniões, .
 
O objetivo era estabelecer um diálogo qualificado com os postulantes a mandatários municipais no executivo e legislativo. Assim, enviamos convites aos principais partidos e coligações que pleteiam assumir a gestão da Cidade do Rio de Janeiro a partir do próximo ano.

Alguns candidatos a Vereadores entenderam o chamado e vieram ao IPCN dialogar: a médica Berenice Aguiar que é membro da diretoria desta Instituição, o Pastor João Carlos, a Empresária Suzi Clementino, a Professora Jurema Batista, Fernando Xavier do PR e Zarvos do PV, mas nenhum candidato a prefeito retornou o convite. Convém ressaltar que diversos destes partidos e coligações possuem secretarias ou coletivos com referência afrodescendentes.

A convite do PMDB Afro RJ participamos da formulação de propostas para a "Carta Compromisso Negr@s em Movimento" para gestão 2012/2016 da coligação Somos um Rio.

A reflexão sobre ações do poder público municipal para a constituição de políticas que representem melhorias da qualidade de vida nos aspectos da saúde, educação, cultura e maior inserção econômica; dominou a pauta de debates, apontando para necessidades relativas ao conhecimento mais objetivo sobre as condições de vida desta população . Dados do censo demográfico que relacionam variáveis de renda, proporção da população negra, distribuição e escolaridade apenas explicitam a ponta do iceberg. A ampliação de investimentos no ensino fundamental com efetividade da aplicação da lei que trata da história e cultura afro-brasileira foi um dos temas mais discutidos. Apresentou-se também a importância de se constituir um índice que possa servir de acompanhamento da evolução escolar dos afrodescendes aos logo do ensino fundamental, identificando as causas da evasão e do baixo rendimento relacionados com as questões sociais, para a partir desta observação se criar metas de melhorias para a população de um modo geral.

Consideramos a inciativa do IPCN essencial na retomada da recuperação entidade e coerente com a missão estabelecida no seminário de planejamento estratégico, Ainda assim, reconhecemos a necessidade de ampliar, em muito, nossa participação nas próximas eleições para que possamos atingir a meta principal estabelecida em nossa missão: " Lutar para que a sociedade brasileira reflita sua condição pluriétnica e multicultural em todos os seus aspectos ......" O que lamentavelmente não veremos nessas eleições do dia 07 de outubro, o que aponta para a necessidade da constituição de um forum permanente sobre eleições e gestão pública, e muito mais discussões acerca de políticas públicas para a população afrodescendente Versus
políticas de ação afirmativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário